Goiânia, quinta-feira, 17 de Abril de 2014     Seja-bem vindo! 
:: Sermões em Série ::
Séries / JESUS MARAVILHOSO  / O ESPETÁCULO DA CRUZ - LC 23:33-49

O ESPETÁCULO DA CRUZ - LC 23:33-49

Lucas apresenta Jesus como alguém “maravilhoso” (exs – 2:48, 4:22, 4:31-37, 4:42...). Aqui, ele refere-se à cruz de Jesus como um “espetáculo” (v. 48). Quais as razões que o levaram a fazer uma afirmação tão forte? Com certeza não foi só porque a crucificação era a morte mais dura imposta no tempo de Jesus, mas porque na cruz aprendemos valores espetaculares....

I – ESPETÁCULO DO PERDÃO (v. 33-38)

1. INICIATIVA: Jesus (cp v. 33 c/ 34 – “contudo.....”)
Jesus foi julgado e injustamente condenado, coroado com uma coroa de espinhos, cuspido no rosto, esmurrado, esbofeteado, escarnecido, desnudado e crucificado como se fosse um criminoso, mas ainda assim colocou no lábios o sentimento do seu coração: perdão. Ao invés de acusar seus algozes, ele intercedeu por eles – Is 53:12

2. FONTE: Pai (v. 34)
O ofendido direto, imediato, visível foi Jesus, mas Jesus evidencia que o perdão precisava vir do Pai, dos céus, pois aqueles homens ao rejeitarem a maior expressão do amor de Deus, Seu próprio Filho, estavam ofendendo o Pai e precisavam do Seu Perdão, porque só o Deus Pai pode perdoar pecados...

3. DESTINO: ignorantes (“v. 34 – “eles não sabem o que fazem”)

a) Autoridades (zombadoras) – ignoraram a divindade de Jesus (v. 35)
b) Soldados (escarnecedores) – ignoraram a soberania de Jesus (v. 36-37)
c) Ambos: ignoraram o poder salvador de Jesus (“salva-te a ti mesmo...” v. 35, 37) Jesus quer promover na sua vida hoje o espetáculo do perdão por meio do qual você não só receberá o milagre do perdão, mas proporcionará o milagre de perdão - “tende em vós o mesmo sentimento que houve em Cristo Jesus” (Fp 2:5)....

II – O ESPETÁCULO DA SALVAÇÃO (v. 39-43)

1. PERFIL DOS MALFEITORES

a) “Blasfemador”: ironizou a divindade de Jesus e a salvação proposta por Jesus (v. 39)
b) Reconhecedor: admitiu a sua identidade e a identidade de Jesus * Loucura do seu parceiro (v. 40 b) * Legitimidade do seu castigo (v. 41a) * Santidade de Jesus (v. 41 b) * Poder salvador de Jesus (v. 42)

2. REAÇÃO DE JESUS: NA PRÓPRIA CRUZ PROMOVEU O ESPETÁCULO DA SALVAÇÃO PESSOAL (v. 43)

a) Imeritória: sem obras
b) Imediata: “hoje” – sem períodos preliminares de aperfeiçoamento pessoal (purgatório, reencarnação)
c) Insacramental: sem os ritos eclesiais oficiais de entrada na Igreja (Batismo)
d) Indubitável: “estarás comigo” – garantida pela Palavra de Jesus Jesus quer promover na sua vida hoje o espetáculo da salvação pessoal, quer garantir a sua entrada no Seu Paraíso. Para que isto aconteça você precisa ter o coração do segundo malfeitor: confessar seus pecados, confessar a divindade e a santidade de Jesus, confessar a autoridade de Jesus sobre o Paraíso e rejeitar toda e qualquer tentativa de salvação própria, convidar Jesus para entrar em seu coração (Jo 1:12).

III – ESPETÁCULO DA COMUNHÃO (v. 44-49)

1. SINAL DA NATUREZA (v. 44)
A natureza testemunha que na cruz do Calvário Deus estava em Cristo abrindo um caminho extraordinário de aliança com Ele.
2. SINAL NO TEMPLO (v. 45) O véu do templo rasgado evidenciou que Deus agora se deixa ver e conhecer por todos que O buscarem permanentemente através do caminho novo e vivo – Cristo Jesus (Hb 10:19-25)
3. SINAL VERBAL (v. 46; Jo 19:30 – “está consumado”) Jesus mesmo encarregou-se de declarar na cruz que tudo aquilo que era necessário fazer para nos ligar em comunhão a Deus fora feito por Ele na curz
4. SINAL OFICIAL (v. 47) O representante do império romano rende-se a extraordinária realidade do calvário: Deus, querendo relacionar-se com os homens, o faz pela mediação de seu maravilhoso Filho... Jesus quer promover na sua vida hoje o espetáculo da comunhão: Ele não te chamou só para estar com Ele eternamente no céu, mas para estar qualitativamente com Ele na terra (Hb 10:19-22)

CONCLUSÃO

1. REAÇÕES ao espetáculo da cruz:
a) Multidões: lamento e retirada (v. 48)
b) Conhecidos de Jesus: contemplação à distância (v. 49)

2. REAÇÕES HOJE “A história é um combate incessante entre Deus que chama e o homem que resiste. E no centro desta história se levanta a Cruz. Cruz que é o grande paradoxo da Bíblia e de toda a história humana: Deus, para salvar o mundo, escolheu esse meio de se fazer pregar numa Cruz. Desde as primeiras páginas do Gênesis até as últimas do Apocalipse, tudo tende e converge para essa Cruz e tudo dela procede. Desde o momento em que foi plantada no centro do mundo, o mundo não pode ter sentido senão por ela e nela” (S. De Dietrich – autor de “O Desígnio de Deus”) Deus chama você hoje: para experimentar a liberdade de poder perdoar quem lhe ofendeu, ainda que a atitude do ofensor não seja de arrependimento; para receber gratuitamente, pela fé, a salvação pessoal em Cristo; para experimentar a alegria indescritível do desenvolvimento de um relacionamento íntimo de comunhão com Jesus que resulte no conhecimento real de Deus Pai.

Pr. Jair Francisco Macedo – jajamacedo@hotmail.com

Série: JESUS MARAVILHOSO Visitas: 7944

     :: Sermões da Série ::
» A MAGESTADE DE DEUS EM CRISTO - LC 9:37-43/ Mc 9:14-29
» PORQUE JESUS NOS LEVA PARA O MONTE? - LC 9:28-36
» A CRUCIFICAÇÃO DO CRISTÃO - Lucas 9:51-56
» HOJE VIMOS PRODÍGIOS! - LC 5:17-26
» O PODER PURIFICADOR DE JESUS - LC 5 12-16
» JESUS ENTRA EM NOSSA VIDA - LC 5:1-11
» JESUS MARAVILHOSO PELA SUA AUTORIDADE - LC 4:31-44
» JESUS, UM MESTRE MARAVILHOSO - LUCAS 4:14-30
» JAIRO, UM PAI MARAVILHADO COM JESUS - LC 8:40-55
» O ESPETÁCULO DA CRUZ - LC 23:33-49
» CRISTO REDENTOR: A MAIOR MARAVILHA - NM 21:4-9; JO 13:13-15


 995551 Visitas desde 07-04-1997
 Usuários On-Line: 9
 
 2008. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Ousar.Net   Área Restrita