Perseverando como ovelha de Cristo – JO 10:22-30

4 de março de 2018
Perseverando como ovelha de Cristo – JO 10:22-30
  1. “Algum dia vocês receberão a notícia que eu morri. Não acreditem, pois eu estarei mais vivo do que agora. Só terei mudado de endereço, estarei na presença do Pai” (Billy Graham, um dos maiores evangelistas da história da igreja, falecido a poucos dias com 99 anos).
  2. CENÁRIO:
    • “Jerusalém” (v. 22) – palco maior das intervenções de Deus em Israel.
    • “Festa da dedicação” (v. 22) – celebrava a restauração e reconsagração do templo, em 165 a.C., após 3 anos de profanação pelos gregos (rei Antíoco Epifânio).
    • “Inverno” (v. 22) – dois meses após a festa do tabernáculos que acontecia no outono (ver cap. 7).
    • “Jesus passeava no templo, no pórtico de Salomão” (v. 23) – o pórtico de Salomão era um alpendre sustentado por colunas no lado oriental do pátio exterior; o evangelista chama a nossa atenção destacando que lá Jesus não estava pregando, mas “passeando”…. (Ex.; meu passeio na Igreja da Sé…)
  3. QUESTIONAMENTO (v. 24)
    • Os judeus queriam saber a “identidade de Jesus”
    • Pano de fundo da indagação: sentimento messiânico político e não espiritual (6:15); sentimento de oposição ao avanço da obra de Jesus.
    • Resposta de Jesus (v. 25)
      • O que Ele dissera (4:25-26; 8:28, 58; 9:35-38)
      • O que Ele fizera (2:1-12 – Caná; 5:1-18 – paralítico; 6:1-15 – pães e peixes; 6:16-21 (mar); 9:1-12 – cego; 21:25; tudo em nome do Pai EVIDENCIAVA CLARAMENTE SUA IDENTIDADE.
  4. Jesus foca de novo, na sequência, nas suas ovelhas evidenciando como elas PODERIAM E DEVERIAM PERSEVERAR…..

I – PERSEVERANDO “SENDO OVELHA DE CRISTO” (v. 26-27)

  1. Para ser ovelha é preciso crer (v. 26 “mas vós não credes…”)
    • Fé nas palavras de Jesus (v. 25 a)
    • Fé nas obras de Jesus (v. 25 b; Jo 20:30-31)
    • Fé com “entrada em Jesus” (10:7-10)
  2. Você é “ovelha” ou “cabrito” (Mt 25:31-34)
    • O cabrito é um profeta “disfarçado de ovelha” (Mt 7:15)
    • O cabrito não conhece efetivamente o Senhor (Mc 7:21-23).

II – PERSEVERANDO “COMPROMISSANDO-SE COMO  OVELHA DE  CRISTO” (v. 27)

  1. Audição (“As minhas ovelhas ouvem a minha voz..” – compare com 10:2-3)
    Envolve priorização e dedicação…
  2. Relação (“… eu as conheço…”)
    Somos chamados como ovelhas a desenvolver uma relação de intimidade com Jesus (Jo 1:47-49 – Filipe e Natanael; Jo 10:14)
  3. Submissão (“… e elas me seguem…”)
    Somos chamados a saber e fazer (Jo 13:17)
  4. Você é ovelha e age como ovelha?

III – PERSEVERANDO “CONFIANDO IRRESTRITAMENTE NA SEGURANÇA DE CRISTO” (v. 27-30)

Jo 10:9 é verdade?

  1. A vida eterna é um presente (v. 28 “Eu lhes dou a vida eterna…”) – Ef 2:8-9 (Ex.: carro presenteado a mim pelos amigos… faria sentido pagá-lo?)
  2. A  vida eterna nunca será perdida (v. 28 “… jamais perecerão…”) – Ex. Pai da Silvana.
  3. A vida eterna nunca será roubada (v. 28 “… ninguém as arrebatará de minha mão..”) – Ex. minha caminhada.
  4. A vida eterna é resultado de uma aliança do Pai com o Filho (v. 29 “Aquilo que meu é maior do que tudo e da mão do Pai ninguém pode arrebatar”) – Jo 19:28-30 (“Está consumado”)

CONCLUSÃO

  1. Perseverança é um chamado à consagração:
    Crendo para ser verdadeira ovelha de Cristo; obedecendo para ser uma ovelha verdadeiramente comprometida com Cristo; confiando exclusivamente na segurança proporcionada por Cristo.
  2. Perseverança é uma obra de Cristo, do Pai e do Espírito (Fp 1:6)
  3. “Os que Deus aceitou em seu bem-amado, eficazmente chamados e santificados pelo seu Espírito, não podem cair do estado da graça, nem total nem finalmente; mas como toda certeza hão de perseverar neste estado até o fim e estarão eternamente salvos” (Confissão de Fé, cap. XVII, tópico 1).

Pr Jair Francisco Macedo
Sermão pregado em 04/03/2018

 

Deixa seu comentário

Your email address will not be published.